Angélica Vale: 40 Anos de Sucesso

Ela já iniciou na TV antes de nascer


Angelica Maria em El Milagro de Vivir
Angélica María e Raúl Vale se casaram no começo de 1975, poucos meses depois, em Miami, Angélica María começou as gravações da telenovela El milagro de vivir, onde interpretava uma mulher que ficava grávida. Aproveitando a situação, decidiram escrever para a cegonha e, assim, Angélica Vale iniciou na televisão, antes mesmo de nascer. Desde sempre acompanhando sua mãe em seus ensaios e gravações, aos dois anos e meio de idade, Angélica Vale chamou a atenção do público ao entrar em cena – sem ter sido escalada – na comédia musical que sua mãe trabalhava Papacito piernas largas. Ela distraiu o público que assistia a comédia, se tornando o centro das atenções. Em 1978, Angélica começou sua carreira definitivamente para nunca mais deixar de trabalhar. Participou da telenovela Muñeca rota e em dois filmes, um com seus pais: La guerra de los pasteles e a o outro com Vicente Fernández: El coyote y la bronca. Aos quatro anos de idade, no início de 1980, Angélica pediu à sua avó que lhe produzisse uma comédia musical, e, em poucos meses, estreou Zoila sonrisas que teve duas versões e esteve em cartaz por dois anos. Também em 1980 realizou o filme El gran triunfo, ao lado de Rigo Tovar. Em 1981, trabalhou ao lado de sua mãe, Juan Ferrara e Angélica Aragón na telenovela El hogar que yo robé. 


Em 1982, Angélica Vale foi levada a um show de seu pai, onde teve de pedir permissão para assistir porque era em um clube noturno. Isso chamou a atenção da pequena que disse à sua avó que não era justo o fato de não haver espetáculos para crianças. Imediatamente, se propuseram a trabalhar em um show para apresentá-lo em um clube noturno, mas aos fins de semana e pela manhã. Assim surgiu o Club de la amistad, um espetáculo composto por quinze crianças de 6 a 15 anos que cantavam, dançavam, atuavam e imitavam. No ano seguinte surgiu o segundo Club de la amistad, outro show do mesmo tipo, mas renovado. Ambas apresentações duraram cerca de três anos. Ao mesmo tempo Angélica gravava outra telenovela, Lupita, exibida no Brasil pelo SBT em 1985. Aos oito anos de idade, um de seus filmes favoritos era O mágico de Oz, assim sendo, pediu à sua avó que se dispusesse a trabalhar outra vez para que ela fosse Dorotea e pudesse usar as sapatilhas de rubi da bruxa deste conto. 
El Mago De Oz
Deste modo, estreou em 1984, a comédia musical El mago de Oz. Com esta obra, realizou turnês por toda República Mexicana, se apresentando também em Porto rico. Ao regressar ao México, participou da telenovela Herencia maldita e na peça El portal de Belén, em turnês por todo o México. Angélica gostaria de ter voltado à ilha de Porto Rico para se apresentar, porém, sua avó lhe explicara que os gastos com uma obra infantil eram muito altos, devido à quantidade de pessoas que trabalhavam. Isso chamou sua atenção e lhe ocorreu a ideia de fazer com que sua avó escrevesse a obra Imaginación, que contava com a atuação de somente quatro pessoas, entre elas, Angélica Vale. Nessa obra o público era convidado a atuar, e representavam as personagens de contos famosos como Cinderela, Branca de Neve e os sete anões e Chapeuzinho vermelho. Imaginación ficou em cartaz durante um ano e meio. Nos finais de 1987, Angélica Vale e sua mãe, voltam a fazer teatro juntas em Una estrella, outra comédia musical escrita, dirigida e produzida por sua avó. Tal espetáculo ficou em cartaz por um ano.
Vaselina
Em 1988, foi convidada por Julissa para interpretar Sandy, no musical Vaselina. Ao mesmo tempo se desdobrava, nos fins de semana, em quatro funções, duas de Vaselina e duas de Una estrella. No final desse ano, iniciou-se outra etapa de sua carreira artística, deixando as obras infantis e começando com obras juvenis e familiares. Ainda em 1988, a companhia CBS lhe dá a oportunidade de gravar seu primeiro disco como solista, já que os sete discos gravados anteriormente eram dos shows e das obras de teatro. Nesse mesmo ano, estreia como apresentadora do programa Estrellas de los noventas, produzido por Raúl Velasco. Devido ao êxito obtido com Vaselina, decidiu por colocar em cartaz outra obra juvenil em 1989. Angélica Vale adaptou o conto Las zapatillas rojas e, em pouco tempo estreou Los tenis rojos, a primeira comédia musical juvenil no México, que durou dois anos e meio ininterruptos em cartaz. Durante esses dois anos e meio, Angélica gravou outro disco: Nuestro show no puede parar, com o qual fez shows com o mesmo nome. Também estreou outra obra de teatro com sua mãe: Mamá ama el rock. Na noite em que celebrava 100 apresentações dessa comédia musical, Julio César Palomera de la Re, destacado locutor de rádio, levou ao teatro um convidado muito especial para ver a obra: Ricky Martin. Na obra existia um personagem roqueiro, o garoto que o interpretava estava para sair devido à outros compromissos. Assim, ao ver Ricky, Angélica se deu conta que não precisava mais buscar um substituto. Ela conversou com sua mãe e sua avó que contrataram Ricky imediatamente. Para sua surpresa, ele, que vivia em Los Angeles juntou suas malas e chegou ao México. 
No ano 1990 gravou sua sexta telenovela Ángeles blancos, ao lado de Ignacio López Tarso e Jacqueline Andere. Em 1991, a convidaram para interpretar Doña Inés, na obra clássica Don Juan Tenorio. Nesse mesmo ano, estreou em cartaz Los extraterrestres, comédia infantil que teve a oportunidade de escrever. No ano seguinte, novamente sob a produção e direção de Angélica Ortíz, estreou a obra Todo lo que me digas será al revés, enquanto gravava outro disco Atrapada en los sesentas. Para o lançamento do disco, junto de sua avó, Angélica escreveu um monólogo cômico musical, que seria apresentado somente nesse dia e por mais uma semana, porém o êxito foi tão grande que passou a ser apresentado por mais quatro anos. Enquanto isso, pelas noites, Morris Gilbert a convidou para participar na comédia musical Mi suegra es un fantasma, ao lado de Manuel Landeta e Rosita Pelayo, onde se divertiam muito interpretando quatro personagens diferentes em várias épocas. Em 1994, entre suas apresentações com Atrapada en los sesentas e a temporada de Mi suegra es un fantasma, lhe deram a oportunidade de participar em um musical: Charlie Brown y sus amigos, onde interpretava Lucy. 
Lazos De Amor
Em 1995, Carla Estrada lhe dá a oportunidade de voltar ao mundo das telenovelas, em Laços de amor, protagonizada por Lucero. Nesse mesmo ano, conclui a gravação de seu quarto disco como solista e no final deste ano se junta novamente à sua mãe e avó para fazer a obra infantil La isla de niños, onde também participou Eduardo Santamarina. Ainda nesse ano, Paco Stanley a convida para ser Doña Inés. Em 1996, trabalha junto de sua mãe e de Mariana Levy na telenovela Bendita mentira. Ano em que, infelizmente, é detectado um câncer em Angélica Ortíz e, em outubro deste ano, esta falece. Em 1997, Angélica Vale inicia Branca de Neve e os sete anões, sob a produção de Alejandro Gou, com quem trabalha exaustivamente todos os dias da semana por todo o país. Essa experiência foi importante para que ela tomasse a decisão de se tornar produtora de teatro. Além disso, no final deste ano, Gou a convida para participar na peça El diablo anda suelto, ao lado de Loco Valdés e Raúl Araiza. No início de 1998, nasce a companhia Producciones Angélica Ortiz, sendo Angélica María e Angélica Vale as encarregadas pela companhia. Começou com produção de La Cenicienta, una historia de amor, onde Angélica Vale era responsável pela adaptação, pelas canções e pela interpretação de Cinderela. Ainda nesse ano, Emilio Larrosa lhe dá a oportunidade de trabalhar de participar a telenovela Soñadoras, interpretando Julieta. Em 1999, terminando a novela, Angélica começa a apresentar o espetáculo Solo para ti, onde canta e imita diversos artistas, se apresentando por todo o México e em algumas cidades dos Estados Unidos. Também teve a oportunidade de viajar convidada por vários programas de televisão da República Dominicana e Venezuela, entre outros. Em 2000, participa como apresentadora do programa Hoy, por cinco meses. Nesse ano estreia em Las Vegas, graças a Marco Antonio Solís que a convida para abrir seus shows. Em junho deste ano, realiza outro de seus sonhos produzindo uma homenagem aos 50 anos de sua mãe, que foi transmitido por emissoras de todo o México, países da América Central e do Sul, além dos Estados Unidos. No final deste ano, começa a protagonizar esta que até então é sua personagem favorita e mais querida: Wendy, na novela Amigas e rivais. Esta que foi para ela modelo e guia em sua vida particular, com quem aprendeu a nunca se dar por vencida mas, sim, lutar por seus sonhos. No final de 2001, terminando as gravações da telenovela, começou uma turnê de promoção da mesma, e logo após tomou umas férias em Miami, que inicialmente seriam de apenas três semanas, mas que resultaram em três meses. Ao regressar ao México, apresenta o Big Brother, primeiro reality show que se apresenta no país e prepara seu show Vuelvo a intentar, no qual apresenta suas imitações clássicas, somadas a novas, além de músicas de todos os estilos, onde trata de fazer uma pequena homenagem aos seus compositores e cantores favoritos. Em 2003, inicia sua participação no programa La parodia, imitando as estrelas da atuação, da política e da vida social. Em 2005, Angélica Vale participa na série de televisão El privilegio de mandar junto a personalidades como Carlos Espejel, Arath de la Torre, Miguel Galván, entre outros. Para 2006, a atriz dá voz a Bibi em Una película de huevos e Otra película de huevos y un pollo, além de fazer a voz de Ellie em A era do gelo 2. 

A Feia Mais Bela
Ainda em 2006, Angélica Vale obtém o papel de protagonista da telenovela A feia mais bela, com o qual consegue grande popularidade como Lety. Em 2007, finaliza a telenovela A feia mais bela e neste ano, Angélica ganha o prêmio TVyNovelas como melhor atriz por sua interpretação como Letícia Padilla Solís. Ainda em 2007, é eleita como uma dos 50 mais belos pela revista People en español. Aparece, ainda, como convidada, no episódio que encerra uma das temporadas de Uggy Betty. Neste ano de 2007, Angélica apresenta, ao lado de Jaime Camil e Belinda, os Premios Juventud, da Univision, por quem é convidada para apresentar El gordo y la fraca, por uma semana. Ainda em 2007, co-produz e estreia novamente Vaselina, interpretando o papel de Sandy. Em 2009, apresenta, junto a Marco Antonio Regil, o reality show Hazme reír y serás millonario e participa da série Mulheres assassinas, junto de sua mãe.  

Mujeres Asesinas
Casou com Otto Padrón no dia 19 de fevereiro de 2011 com o qual tem um romance desde 2009. Um ano depois teve uma filha chamada Angelica Masiel Padrón , que nasceu no dia 6 de junho de 2012. Em março de 2014 foi noticiado a espera de seu segundo filho, Daniel Nicolás Padrón Vale , que nasceu no dia 11 de agosto do mesmo ano.



"Eu lutei pela minha identidade, para ser Angélica Vale, más não conseguia descobrir quem eu realmente era, porque ainda não sabia..."     Angélica María Vale Hartman


Fontes:
www.telenoveleiros.com
pt.wikipedia.org

3 comentários :

  1. Só um erro a ser corrigido... Ela tinha um romance com o Otto Padron desde 2009 e n desde 2002..
    Fora isso a matéria está ótima��

    ResponderExcluir
  2. O romance com Otto Padrón iniciou em 2009 e não em 2002 como foi dito.
    A parte, um excelente matéria!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Angie você é uma artista completa

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.